Portão do Maravilhamento

por Paulo Atzingen  Os dois comas que somei na vida devem explicar esse mania de buscar o desconhecido. O primeiro em uma corrida de atletismo...

Barsa Multimídia – ou uma homenagem à Mulher

O primeiro lampejo de amor foi no ventre, entre placentas e líquidos aminióticos.  Um ser feminino me envolvia por inteiro e meu coração mal...

Nada vai reparar a dor em Brumadinho

por Paulo Atzingen* Morrer afogado em lama deve ser pior que morrer afogado no mar. Talvez seja igual a ser incinerado vivo. Diferente de mortes...

“Muito obrigado, repórter”

"As bancas de jornais foram roubadas", falou-me a repórter. Imediatamente me veio a cabeça revistas e jornais sendo surrupiados por ladrões interessados em Cultura e...

Meus hotéis e minhas três marias

Comprei três apartamentos no coração de São Bernardo do Campo em três torres coladas uma na outra: um no ibis, outro no ibis Budget (é assim...

Whatsapp junta quatro irmãs que vão se ver no Natal

Givanilda viajará para Porteirinha (MG). Lá encontrará as três irmãs Por Paulo Atzingen Givanilda Maria dos Santos é auxiliar de serviços gerais no escritório de advocacia...

O Anjo pedestre e o Arcanjo motorizado

Não tenho certeza se beijei o asfalto ou cabeceei a guia no meu último passeio de bicicleta, o que sei é que há vários...

Cuando llegue septiempre

por Paulo Atzingen - com tradução de Hector Mañon   Cuando llegue septiembre quiero estar en Santiago de Chile y sentir la ultima brisa de invierno...

Meu tio Sebastião

por Paulo Atzingen Tive que beber muita água, diluir todo o álcool da adolescência que ainda circulava nas veias para chegar a essa mistura fina...

Sem revolta ou regalias com respeito e amor

por Paulo Atzingen* Tenho poucas  imagens da primeira infância. Uma nuvem às vezes passa e me traz uns fiapos, uns retalhos de um filme apagado...
- Advertisement -

MAIS LIDOS