borboletas amarelas

Touros é onde o Brasil e os ventos fazem a curva

Extremoz tem uma conotação açucarada da Língua Portuguesa trazida pelos patrícios quando aqui aportaram. Tupinicamos o nome retirando o S de Estremoz, de Évora, por...

Um conto (quase) erótico

Arrumei tudo com o cuidado dos apaixonados: estendi a manta sob a árvore, juntei os gravetos para a fogueirinha, comprei um litro de vinho...

De cara com o Complexo de Édipo Invertido

Em minha viagem para o Recife para conhecer o carnaval do frevo e do maracatu conheci dois caras no ônibus que viajava: João Carlos...

João Batista e Jack Kerouac

por Paulo Atzingen Quando peguei a estrada em direção a Mirassol - sim este era o nome da cidade do colégio agrícola que havia escolhido...

Quando me banho no Araguaia…

Bons anos da adolescência passei às margens dos rios amazônicos. Aos 17 conheci, de uma tacada só, o Araguaia, o Tocantins e o menor,...

Em busca do coração de ouro

O sol dilatava as minhas manhãs escolares e como um útero paria os meus primeiros poemas natimortos já que não tinha pra quem mostrá-los. por...

O milagre da transferência

A minha expulsão do colégio agrícola de Rio das Pedras não ocorreria e isso parecia um milagre. Iriam me transferir e já estavam com...

Memórias de um coração de estudante 5

Na capela Joana parou a charrete em frente à capela, sem minha ajuda apeou e sem olhar pra trás entrou porta adentro. Pulei do outro...

Memórias de um coração de estudante 4

Na pocilga da fazenda Um peão de fazenda parou a charrete em frente à casa. Joana dispensou o cocheiro e perguntou se eu queria conhecer...

Memórias de um coração de estudante 3

Na fazenda com o pai da moça Depois de tocar as três músicas de meu repertório de gaitista, a conversa tomou rumo sobre a quantidade...
- Advertisement -

MAIS LIDOS